Como criei o hábito de salvar comprovantes de pagamentos no computador

É interessante como sempre estamos mudando nossos hábitos, se tinha uma coisa que me incomodava muito era acumular pilhas e mais pilhas de boletos grampeados juntamente com os comprovantes de pagamentos impressos, entre outros.

O que eu fazia antigamente? Eu separava por bancos, empresas e lojas, todos os boletos que chegavam pelos Correios e aqueles boletos que eu tinha optado para não chegar mais pelos Correios, eu acabava imprimindo, pra quando eu pagasse, grampeá-los junto com os comprovantes de pagamento.

E isso foi acumulando de um jeito que já não tinha mais espaço pra guardar os boletos grampeados com seus respectivos comprovantes de pagamento nas prateleiras de um cômodo que eu costumo guardar coisas antigas.

contas a pagar
Eu costumava formar pelo menos umas duas pilhas dessas de boletos

Todo começo de ano eu guardava toda essa pilha de boletos do ano anterior dentro de caixas de arquivo morto, que eu comprei em uma papelaria, acho que eu ainda devo ter boletos a partir de 2012. Eu ainda preciso ver se elimino parte desses boletos antigos guardados, pois a maioria das empresas recomenda guardar boletos antigos por 4 ou 5 anos, acho que até um pouco menos.

Foi então que em um belo dia, eu estava assistindo pelo Periscope, a live da Alessandra Souza onde ela estava dando várias dicas preciosas de como deixar de acumular tantos papéis em casa ou no escritório.

Seguindo as dicas da Alessandra, o que eu comecei a fazer? Desde o início de 2018, eu comecei a criar o hábito de salvar todos os boletos e comprovantes de pagamento no computador em arquivos PDF.

Comecei criando uma pasta chamada “Contas 2018” e dentro dela eu fui criando novas pastas classificadas pelas datas de vencimento dos boletos juntamente com o nome das empresas, bancos ou lojas. Como por exemplo:

10 – Itaucard Visa
12 – Vivo TV
12 – Vivo Internet
15 – Bradesco Visa Gold
17 – Sabesp
18 – Eletropaulo
20 – Itaucard Mastercard
25 – Plano de saúde Amil

pastinhas
Um exemplo de como eu faço na pastinha do Carrefour

Toda vez que chega a data de vencimento de um boleto e eu pago ele pelo Internet Banking, o que eu faço agora? Eu salvo em cada pastinha que eu criei, o comprovante de pagamento juntamente com o boleto, todos eles em arquivos PDF, simples e prático!

Como eu nomeio os arquivos dentro das pastinhas? Os boletos que eu salvo junto os comprovantes de pagamentos, eu nomeio por mês do ano. Como por exemplo:

16 01 Fatura
16 01 Boleto
16 01 Comprovante de Pagamento
16 02 Fatura
16 02 Boleto
16 02 Comprovante de Pagamento

Agora tem alguns boletos que eu não consegui fazer com que não chegassem mais pelos Correios, então esses eu deixo separados em uma prateleira, mas eles estão numa quantidade bastante reduzida do que eu acumulava antigamente.

Mas como deixar de receber os boletos pelos Correios? Isso vai depender de cada banco, empresa ou loja. Vou te dar o exemplo do Itaú, nas configurações no Internet Banking, eu consegui selecionar para que as faturas dos cartões de crédito fossem enviadas somente por e-mail e não mais pelos Correios.

Eu ainda preciso parar e sentar um dia pra checar se tem mais alguns boletos que eu consigo fazer pra que cheguem somente por e-mail e não cheguem mais pelos Correios, ou seja, eu acabo contribuindo com o meio ambiente, não desperdiçando tantos papéis.

Os boletos que não tem jeito e vão ter que continuar chegando pelos Correios, quando chega o início de janeiro, eu já deixo separada as caixas de arquivo morto e coloca nelas os boletos do ano anterior. Quando chegar janeiro de 2019, vou fazer isso com os boletos de 2018, deixando eles guardados nas caixas de arquivo morto.

arquivo morto
Essas são as caixas de arquivo morto que eu costumo comprar em papelarias

No começo foi difícil criar o hábito, mas já se passaram vários meses e eu já consegui criar o hábito de não imprimir mais os comprovantes de pagamentos. Fica muito melhor e mais prático! Eu agradeço muito à Alessandra pelas dicas na live do Periscope que eu assisti.

E você? Também tem esse hábito de salvar os comprovantes de pagamentos no computador ou celular? Me conte abaixo nos comentários. E se você tiver alguma outra maneira de salvar, me conte também. É aquela coisa, cada um se acostuma da maneira com que mais gosta ou cria o hábito, não é verdade?

Siga-me nas redes sociais

Quer ficar por dentro das minhas atualizações nas redes sociais? Aproveite para me acompanhar no InstagramFacebook ou Twitter. Por lá estou sempre mostrando dicas, bastidores e novidades. 🙂

Eduardo Paulino

Olá! Eu sou o Eduardo e moro em São Paulo. Sou formado em Administração de Empresas. Sou o criador do Mobilidade Sampa e da Mapa da Web e co-fundador do Rede Noticiando. Amo tecnologia, empreendedorismo, recursos humanos, artesanato e tudo relacionado ao marketing digital! Aqui no blog abordo diversos assuntos que fazem parte do meu cotidiano, buscando compartilhar com meus leitores as minhas vivências, opiniões e dicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.