Selva de Pedra: Capítulo 4

O capítulo 4 de Selva de Pedra exibido nesta segunda-feira, dia 26 de agosto de 2019, começou com Cristiano na casa de seu tio, Aristides Vilhena, ele pede pro porteiro pra que seja recebido por alguém da casa pra conversar, então Laura, esposa de Aristides, o recebe na sala de visitas.

Enquanto Laura conversava com alguém no telefone, Cristiano aproveita para apreciar a beleza da casa dos Vilhena, muito arborizada por sinal, tudo isso ao som da canção instrumental de Demais, de Verônica Sabino. Laura termina a ligação (ela estava vestindo uma roupa bastante estilosa, bem a cara dos anos 80) e pergunta pra Cristiano o que ele deseja.

Cristiano se identifica que é filho de Sebastião Vilhena, irmão de Aristides, mas como ele foi viajar para Roma, Laura confirma que ele não estava em casa. Laura pede pra que ele fale o que realmente deseja, ele diz que procura emprego ao menos pra trabalhar no estaleiro, mas ela diz que o esposo não resolve isso em casa e que mesmo assim o quadro de funcionários da empresa está completo. Nisso Cristiano acaba indo embora.

Enquanto eu assistia ao capítulo, no Twitter eu comentei sobre essa versão instrumental de Demais ter sido feito especialmente para a novela, nisso o Cristiano de Oliveira e o Léo Messias tuitaram os links de canais no YouTube que tem a versão instrumental pra ouvir (Cristiano e Léo seus lindos!). Ficou a coisa mais linda essa versão, abaixo eu coloquei o link (aperte o play pra ouvir)!

Cristiano volta pra pensão da Fanny e começa a almoçar, nisso ele pergunta pro Pipoca (faxineiro da pensão) se o almoço é grátis, o faxineiro foi super direto e diz “você já viu almoço grátis nesse mundo?”, falou que o valor era 10 mil cruzeiros e que o que ele já tinha pago quando entrou na pensão foi só pra ter direito ao café da manhã (ele pagou 60 mil cruzeiros adiantados, isso eu citei ao assistir o capítulo 3 de Selva de Pedra), mas o faxineiro disse que somente por hoje ele não pagaria pelo almoço.

Ao mesmo tempo em que Cristiano almoça (eu amei um suporte de plástico pra colocar laranjas que estava na decoração da mesa) mostra o almoço super chiquérrimo na casa da mãe da Fernanda, estavam presentes Vivi, mãe da Fernanda, Fernanda, Cíntia e Caio. Uma mesa posta clássica com sousplat, guardanapo, pratos, acho que tinha candelabros também, e o detalhe? Tocou o hino “Perigo” com Zizi Possi.

Também mostra em outra cena, a Simone almoçando com o Jorge Moreno e pra não perder o costume, Simone mais uma vez deixa claro pro Jorge que ela veio pro Rio de Janeiro para ser uma profissional de artes, que ela não quer se envolver amorosamente com ele, ele acaba entendendo.

Cristiano vai pro seu quarto após almoçar e conhece nada mais nada menos que o “pilantra” Miro, personagem de Miguel Falabella. Mas antes do Cristiano entrar no quarto, ele revira sua mala, mas acaba a fechando rapidamente. Miro diz que trabalha como garçom no hotel Five Star. Nisso Cristiano se desespera, pois achava que tinha perdido 50 mil cruzeiros, mas acaba encontrando atrás da cama. Miro diz pra Cristiano “eu tô sabendo que tu é sobrinho do magnata dos estaleiros, a Fanny me contou” e solta essa “pérola”:

A tua mentira pode ser a minha verdade e a tua verdade pode ser a minha mentira, não é verdade?

Na casa da mãe da Fernanda, Caio e Fernanda tem uma pequena discussão, só sei que no final a Fernanda acaba virando pro Caio e diz “eu sei que você só está interessado nos 42% das minhas ações e não em mim”, nisso Caio dá um tremendo de um tapão no rosto dela (daqueles de fazer barulho e doer), ele se retira e ela fica enfurecida, tanto que nem deixa a mãe chegar perto dela.

Simone fica chorando em seu quarto lembrando de Cristiano e de seu pai, ela acaba ligando pra ele pra matar um pouco da saudade. Nisso ela fica olhando a vista do bairro em que está morando e fala “então cidade grande, vou ter que te enfrentar de novo, seja carinhosa comigo”.

A secretária de Aristides Vilhena conversa com alguém no telefone, eu não consegui entender muito bem, mas a pessoa diz à ela que choveu torrencialmente em São Paulo e a reserva de Laura para viajar pra Roma foi cancelada (no capítulo 3 Aristides tinha deixado ela viajar com ele).

Enquanto isso na casa da família de Cristiano, Diva, irmã de Cristiano, comenta que o pai de Gastão (que se envolveu na briga com Cristiano no capítulo 1 de Selva de Pedra) vai dar uma recompensa para quem souber o paradeiro de quem matou seu filho (no caso o Gastão acabou se furando sozinho com o canivete dele na barriga).

O carteiro bate na porta da casa pra entregar uma carta pra mãe de Cristiano (a carta era do Cristiano). Enquanto isso o carteiro (muito bonito, ele é bem parecido com o já falecido ator Lauro Corona) troca olhares com Diva e toca na mão dela, nisso aparece o pai de Diva pra estragar o “mini encontro”. Na carta que Cristiano escreveu, ele escreveu que está bem no Rio de Janeiro.

Parece uma coisa imaginável, mas naquela época como a internet não era acessível aqui no Brasil (eu achei uma matéria da Folha de 2001 onde o Leonardo Werner diz que a internet chegou ao Brasil em 1995 reservada a universidades), quem por exemplo morava em Porto Alegre e precisava falar com alguém que morava em Goiânia, escrevia cartas e postava nos Correios.

Minha mãe disse que naquela época quando ela mandava cartas que eram postadas em São Paulo pra Alagoas demorava menos de um mês pra chegar.

Eu esqueci de comentar no começo desse post, mas o quarto que Cristiano está dormindo, ele divide com o Miro. Miro entra no quarto desesperado dizendo que seu “tic tac”, mais conhecido como relógio (vai entender porque ele chamava de “tic tac”) sumiu e ele desconfia que foi Cristiano que roubou, mas ele fica tão desesperado que chama seu amigo policial.

Nisso, o policial chega no quarto, se identifica que é da polícia e Cristiano fica espantado (ele fica sem entender nada, já que veio pro Rio de Janeiro justamente pra não ser preso em Duas Barras). Aí meu deus, e agora? Com certeza se passou pela cabeça de Cristiano que o policial veio prender ele por causa da morte do Gastão. Vamos ver o que vai acontecer no próximo capítulo!

Eu agradeço muito por você ter chegado até aqui e lido o post. Me acompanhe também lá no meu Twitter pessoal, quando a novela passar no Canal Viva, estou tuitando sempre com a hashtag #SelvaDePedraNoViva, pode me enviar um tweet, viu?

Gostou do post? Deixe abaixo seu comentário e aproveite para compartilhar com seus amigos. Até o capítulo 5 de Selva de Pedra, pessoal! 🙂

Eduardo Paulino

Olá! Eu sou o Eduardo e moro em São Paulo. Sou formado em Administração de Empresas. Sou o criador do Mobilidade Sampa e da Mapa da Web e co-fundador do Rede Noticiando. Amo tecnologia, empreendedorismo, recursos humanos, artesanato e tudo relacionado ao marketing digital! Aqui no blog abordo diversos assuntos que fazem parte do meu cotidiano, buscando compartilhar com meus leitores as minhas vivências, opiniões e dicas.

Um comentário em “Selva de Pedra: Capítulo 4

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.