Selva de Pedra: Capítulo 7

O capítulo 7 de Selva de Pedra que passou nesta quinta-feira, dia 29 de agosto de 2019, começou com Fernanda e Caio conversando no jardim (no capítulo 6, Caio pediu Fernanda em noivado), ela dá uma mordida nos dedos de Caio.

Aristides conversa com Laura no quarto deles, Laura fica parecendo uma “criança mimada” deitada na cama com bronca dele, Aristides explica que o voo dela para Roma realmente foi cancelado porque choveu torrencialmente em São Paulo.

Aristides ainda desconfiado que Laura andou traindo ele em São Paulo, diz que já tem uma pretendente pra ele em Roma, no final das contas, Laura acaba convencendo ele que “não o traiu”, mas sabemos que isso não é verdade e os dois acabam se entendendo.

Toda vez que a Cíntia está junto do altão magrelo (que eu ainda não descobri o nome) fica sempre de mal humor (impressionante, tem algum segredo aí). Caio e Fernanda rolam juntos na grama do jardim, onde conversavam, tudo isso ao som da versão instrumental de “Perigo” com Zizi Possi (fenomenal essa versão instrumental).

Cristiano liga na mansão dos Vilhena para falar com seu tio Aristides, Caio acaba falando com ele que diz “não era dinheiro o que você queria? aguarde e passe bem”, Cristiano chega a pedir um momento pra dizer que não quer grana, Caio o ignora totalmente e desliga na cara dele.

Enquanto isso na pensão, Fanny dá uma ordem para Cristiano (cobrando o aluguel), “hoje expira o prazo, olha o aviso é geral, quem puder paga, quem não puder rua!”. Mas logo na sequência (eu fiquei sem entender nada) aparece Fanny e Cristiano dançando juntos no salão, vai entender! Depois que eles voltam pra pensão, Fanny chega bêbada e bem “alegrinha”.

Sabe a carta com o cheque que Caio pediu pra secretária enviar pro Cristiano? Ela chegou, porém foi para a casa da família de Cristiano, em Duas Barras, no interior do Rio de Janeiro. As irmãs de Cristiano abrem a carta e comemoram que o cheque chegou, mas o pai delas, o terrível Sebastião, rasga o cheque e pede pra sua esposa devolver a carta para o mesmo endereço, com o cheque rasgado dentro do envelope.

Depois aparece Diva (irmã de Cristiano) aparece em seu quarto, vestida com saia e blusa curta se olhando no espelho, nisso seu pai Sebastião entra no quarto, diz que vai bater nela com o cinto, pois diz que ela está muito “assanhada”, mas não mostra a cena dele batendo na própria filha.

Valquíria, mãe da Flávia Vilhena (filha de Jorge Moreno), vai até a casa em que Simone está, pra falar com ela, mas uma mulher que atende (não sei quem era) diz que a Simone se mudou. Valquíria entrega um cartão de visitas com o endereço comercial dela (uma galeria de artes) pedindo que Simone a procure neste endereço, na sequência depois que elas vão embora, a Simone rasga o cartão dizendo que não deseja manter contato com elas.

Laura diz que vai viajar para São Paulo, ela aparece escolhendo qual joia vai usar na viagem (fica com dúvida se usa pérolas, esmeraldas ou outras joias preciosas), ou seja, aquele momento “totalmente perua” bem característico da Laura.

O senhor cego que Cristiano está ajudando a guiar pelas ruas do Rio de Janeiro, dá o primeiro pagamento a ele, de 60 mil cruzeiros (o senhor tem muito dinheiro guardado dentro de uma gaveta), o senhor diz que confia nele, que ele não vai pegar dinheiro a mais, Cristiano fica encantado com todo aquele dinheiro junto.

No escritório da empresa de estaleiros, chega a carta que Berenice Vilhena, mãe de Cristiano, mandou de volta com o cheque rasgado, Aristides abre, diz “isso só pode ser coisa do meu irmão que não quis” e deixa pra lá.

Cristiano vai atrás de Miro no hotel em que ele trabalha para pedir emprego, ele diz que não vai ficar mais esperando por seu tio Aristides e que precisa trabalhar. Laura está toda arrumada para ir viajar, esperando o piloto do avião, porém se dá mal, pois Aristides pediu pra trocar o piloto (com certeza Aristides desconfiou que ela tinha um caso com o piloto anterior), ela fica mega furiosa com a troca e expulsa o novo piloto para fora da casa.

Depois aconteceu uma cena que eu não entendi muito bem, aparece Cristiano com dois senhores (que antes haviam conversado com Miro), pra lhe vender um relógio que valia 1 milhão de cruzeiros, eles fazem uma oferta de 900 mil cruzeiros para o Cristiano comprar, mas ele dispensa e não compra (já que jamais poderia comprá-lo).

Fanny vai até até o quarto de Cristiano e dá de presente a ele o relógio que os senhores queriam vender pra ele e coloca no pulso dele, é um relógio preto (deveria ser da marca Champion, já que aparece o patrocínio na abertura de Selva de Pedra). O capítulo termina com Fanny chamando Cristiano para irem até um dos quartos da pensão (ficou claro que iriam transar), ele fica com cara de sem saber o que fazer.

Eu agradeço muito por você ter chegado até aqui e lido o post. Me acompanhe também lá no meu Twitter pessoal, quando a novela Selva de Pedra passar no Canal Viva, estou tuitando sempre com a hashtag #SelvaDePedraNoViva, pode me enviar um tweet, viu?

Gostou do post? Deixe abaixo seu comentário e aproveite para compartilhar com seus amigos. Até o capítulo 8 de Selva de Pedra, pessoal! 🙂

Eduardo Paulino

Olá! Eu sou o Eduardo e moro em São Paulo. Sou formado em Administração de Empresas. Sou o criador do Mobilidade Sampa e da Mapa da Web e co-fundador do Rede Noticiando. Amo tecnologia, empreendedorismo, recursos humanos, artesanato e tudo relacionado ao marketing digital! Aqui no blog abordo diversos assuntos que fazem parte do meu cotidiano, buscando compartilhar com meus leitores as minhas vivências, opiniões e dicas.

Um comentário em “Selva de Pedra: Capítulo 7

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.